<$BlogRSDUrl$>

sábado, julho 31, 2004

Concerto em Vila Verde-Braga 

10 de Junho de 2004
No recinto das festas populares de Vila Verde vive-se em total harmonia clubista. Além do excelente palco, e do recinto ter todas as condições para se assistir a um concerto, temos a oportunidade de juntar o nosso gosto gastronómico, ao nosso gosto futebolístico! As casas locais do F.C.Porto, Benfica e Sporting Clube de Portugal montaram os respectivos restaurantes no recinto.
De longe, vi os UHF a jantarem no restaurante do Benfica… Será que o Ivan estava com apetite?!? Mas tudo bem, o desportivismo é uma bandeira sempre bem presente nos concertos da banda.
Este foi mais um excelente concerto dos UHF. Quando é que dão um mau para eu poder criticar? O repertório foi o do costume. A banda este ano está muito mais contida nas mudanças de temas e está a levar a todo o país basicamente o mesmo repertório. Será o ensaio para o disco ao vivo? É que se for, proponho:
- Rapaz Caleidoscópio
- Noites Lisboetas
- Devo Eu
- Intimo
- Completamente Infiel
- Na Luz da Noite
- Até ás tantas

1 hora e 45 mn de concerto, com o povo sempre em festa e a pedir por mais. “Matas-me com o teu Olhar”, “A Lágrima caiu”, “Quando”, “Cavalos de Corrida”, “Modelo Fotográfico” e “Menina estás à Janela” foram os momentos altos da noite. Ao longe cheguei a ouvir: “toca aquela que dá na Antena 3” referindo-se o espectador a “Matas-me com o teu Olhar”.
Obrigado UHF


Só eu sei porquê



sábado, julho 24, 2004

“Porque ainda são "Os primeiros acordes" de uma vida maravilhosa marcada pela satisfação dos FANS!!! “ 

Ouvi, hoje, pela primeira vez, a musica "Matas-me com o teu olhar" e fiquei convencido daquilo que já sabia - quem gosta de musica sem preconceitos tem que dar a mão à palmatória, os UHF são incontornavelmente uma banda de culto.
Se é verdade que eu, em todos os álbuns, gosto de músicas que, não sendo "comerciáveis", são de uma beleza e valor inconfundível e posso dar exemplos, para comparar os gostos, pois ao vivo é raro ouvir, mas adoraria ter o prazer de as “curtir”.
"Esta dança não me interessa", "Estes momentos", "Tango dos rafeiros", "Comédia humana", "Sangue", "Na luz da noite", "Ela(como ninguém)", "Uma história com (A)gente", "Aqui vamos nós/Sem disfarce" e "La pop end rock", são alguns dos exemplos.
Mais tarde evocarei mais músicas de que todos os que adoramos UHF devemos compartilhar. Este é, para já, o meu contributo......ah!... ontem ouvi as 3 pistas e os nossos UHF em grande plano!

Francisco Rosário



quinta-feira, julho 01, 2004

Ironias... 

A propósito (ou talvez não...)
No rescaldo da euforia futebolística ou do estado da nação, aqui ficam as palavras de uma canção de 1993 que se tem ouvido em alguns alinhamentos actuais. É que a canção não perdeu nada da sua actualidade, mais de uma década depois!
Ironias...ou talvez não.

Esta dança não me interessa


Se o mar está poluído
E os peixes a morrer
Se aquilo que produzimos
Não dá para comer
Já não me interessa.

Se as fábricas de armas
São o orgulho nacional
Se a venda de balas
Dá trabalho a Portugal
Já não me interessa.


Já não me interessa


Se o país é pequenino
E asim quer viver
Se aquilo que produzimos
Não dá para comer
Já não me interessa

Se há crianças sem sorte
Neste lar português
Se tu danças com a Morte
Sem saberes o que vê
Já não me interessa.


Já não me interessa


Já não me interessa
Dança, esta dança não me interesa
Não me interessa...
Não,não,não,não
Não me interessa.

Texto de António Manuel Ribeiro
Música de Fernando Delaere e António Manuel Ribeiro
(originalmente gravado no 2LP/CD "Santa Loucura", 1993 - BMG/Ariola)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?
Listed on Blogwise


Visitantes: